DANIELA MERCURY

Baiana arretada, Daniela Mercury é considerada uma das maiores cantoras do axé music. Desde 1991 até hoje, já lançou diversos álbuns e singles, vendendo mais de 12 milhões de discos em todo o mundo.

Iniciou sua carreira aos 15 anos quando passou a se apresentar em bares. De 1986 à 1988, foi vocalista da Banda Eva e em 1988 se tornou vocal de apoio da banda de Gilberto Gil. Logo no início dos anos 90, Daniela decidiu partir para a carreira solo, e lançou seu primeiro álbum: Daniela Mercury. O primeiro single “Swing da Cor”, chegou ao topo das paradas brasileiras.

Após o estrondoso sucesso, foi contratada pela Sony Music e através desta lançou o segundo álbum, O Canto da Cidade, que foi o precursor do movimento samba reggae. Vendeu mais de 2 milhões de cópias no Brasil, e os sucessos “O Mais Belo dos Belos” e “Batuque” explodiram nas rádios. Ainda na década de 90, a cantora fundou um dos principais trios elétricos do carnaval de Salvador, o Trio Techno, que desde então, todos os anos é acompanhado por uma enorme multidão no percurso Barra-Ondina.

Entre 2000 e 2004, decidiu redirecionar sua carreira e mostrar sua versatilidade. Lançou então, Sol da Liberdade, que vendeu quase 1 milhão de cópias. O álbum inovou por fundir sons tradicionais de sua carreira com a música eletrônica. O trabalho foi elogiado pela critica e a turnê foi a mais bem sucedida da cantora neste período.

Hoje, com mais de 20 álbuns e uma infinidade de prêmios, a artista não abandona suas raízes, prova disso são os seus dois últimos trabalhos: Canibália e Canibália: Ritmos do Brasil, que segundo a cantora, é um extenso projeto que combina música, dança, vídeo e artes plásticas – várias expressões de arte contempladas por ela.

Em junho deste ano, a cantora lançou seu novo clipe “Santana dos Olhos D’água”, que marca o início do seu projeto especial de São João, que celebra também o centenário de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião. Recentemente, anunciou que fará show em Portugal. O concerto Daniela Mercury em Lisboa acontece dia 23 de novembro, no Coliseu. O espetáculo contará com a participação de artistas portugueses.

Além de todo o sucesso nos palcos, a cantora já fez diversas participações em projetos sociais. Daniela, atenta à realidade social brasileira e com grande desejo de contribuir para a preservação das nossas matrizes culturais, criou em 2008, o Instituto Sol da Liberdade, uma associação sem fins lucrativos, idealizado e presidido por ela. Com intuito de contribuir para educação e o desenvolvimento de crianças e jovens de baixa renda, promovendo a valorização da identidade, cultura e direitos humanos.