FEIJÃO TROPEIRO

Prato típico da cozinha mineira e paulista, o delicioso feijão tropeiro faz sucesso em todo o país. A mistura do feijão cozido (quase sem caldo) com linguiça, toucinho, farinha de mandioca e muitos temperos, originou um dos mais tradicionais pratos da cozinha brasileira. A diferença entre os estados é que em Minas se usa o feijão vermelho para a receita e em Sampa, o marrom. Mas, sabemos que ambos ficam deliciosos e garantem toda a intensidade do prato.

Tudo começou há muito tempo, desde o período colonial, onde o transporte de mercadorias era feito por tropas a cavalos ou em lombos de burros, entre os estados de São Paulo e Minas Gerais. Os homens que guiavam esses animais eram chamados de tropeiros. As viagens eram longas e cansativas e os tropeiros precisavam se alimenta de forma prática e rápida. Assim, surgiu o feijão tropeiro, que era feito em caldeirões.

Com o tempo, o prato foi ganhando novos temperos que ressaltaram o seu gostinho e cada estado adaptou à sua maneira. Ainda que seja uma receita calórica e “pesada”, é extremamente nutritiva e com sabor indescritível!